segunda-feira, 11 de junho de 2012

A volta dos vinis - Charles Mingus - "Mingus ah um"





Charles Mingus foi um dos grandes gênios do jazz do século XX; conhecido pelo seu temperamento intempestivo - que lhe levou a alcunha de "The Angry Man of Jazz"- o baixista americano sabia e muito ser generoso.Enquanto lecionava na Los Angeles City College, nos idos de 1943, Mingus criou a ideia de "workshop" no jazz, um espaço livre onde alunos e mestres dialogavam musicalmente longe de posições hierárquicas. Essa ideia persiste até hoje em todas as escolas de música no mundo. Ao mudar-se para Nova Iorque em 1953, o músico expandiu esse conceito e organizou uma série de workshops no Putnam Central Club do Brooklyn, com shows realizados por nomes como Maz Roach, Telhonius Monk, Art Blakey e com ativa participação do público, na maioria formada por músicos, que opinavam "ao vivo"sobre os arranjos e executavam os temas com os instrumentos que traziam de casa. A ideia foi mais longe e se transformou em um álbum gravado nos dias 5 e 12 de maio de 1959 nos estúdios da Columbia em Nova Iorque. Acompanhado por músicos que haviam trabalhado com Mingus em discos anteriores - como Charlie Richmond na bateria, Horace Parlan no piano - a obra é pura fluidez sonora composta "mentalmente"por Mingus - havia pouquíssima partitura escrita antes das gravações. Destaque para "Self-portrait in three colors", feita especialmente para o primeiro filme de John Cassavetes. Um disco imperdível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário