quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Literatura - "Hell´s Angels" - Hunter Thompson


Hunter Thompson foi o inventor do conhecido "Gonzo jornalism"; segundo ele, para desenvolver esse estilo deve-se possuir o talento de um grande jornalista, os olhos de um fotógrafo e os "c*****" de um ator - com o ímpeto de viver a ação e narrá-la. O próprio Thompson não sabia definir muito bem esse termo, cunhado por um colega de profissão, que ao tomar contato com seus textos, escreveu: "isso é totalmente gonzo!"(do francês "gonzeaux", algo como "iluminado"). Hunter Thompson passou 18 meses na companhia dos "anjos do inferno" no final dos anos 1960; o resultado está no livro "Hell´s angels", relançado em formato pocket pela editora L&PM. Não se pode classificar de "Gonzo journalism"esse texto; certamente ele está entre os exemplos do "New Jornalism" de Gay Talese e Tom Wolf, até porque o estilo Gonzo não preconiza o compromisso com a verdade. Thompson acompanha os motoqueiros nas festividades pelo dia do trabalho - data importante no calendário da gangue - e revela toda a apreensão gerada nos lugares públicos em que os "angels" se fazem notar. Ao longo da narrativa, o jornalista explica as origens do grupo- no final dos anos 1950 - e como a "Times" foi responsável pela popularidade deles; para Thompson, a sede sensacionalista dos grandes tablóides ressucitou os Hells Angels das cinzas, "mitificados" por setores da sociedade marginalizados, a partir de fatos inventados, numa época em que haviam menos de 80 motoqueiros filiados ao grupo na California. Uma coisa para os "angels" é certa; "É melhor reinar no inferno do que servir no céu"; frase de Milton em "Paraíso perdido".
Trecho escolhido: "Se a Time e a Newsweek não tivessem jamais tocado no assunto, a mídia de massa com sede em Nova York teria se apoderado dele de qualquer maneira(....)Os Hell`s angels, há muito adormecidos, receberam a exposição equivalente a dezoito anos em seis meses, e isso naturalmente lhes subiu à cabeça."

2 comentários:

  1. Os Hell´s sempre me remetem às imagens de Altamont. Lembra dessa fita? Cacetada, bicho.
    Para quem quiser se aventurar pelo universo de Thompson, Medo e Delírio também é impagável. Viu o filme, Cito? Del Toro, Johhny Depp... Achei o filme bem fiel ao livro... E a direção do Terry Gillan, sempre peculiar, lisérgica, circense...Lembro que esse filme não agradou muito na época, bonequinho dormindo, as pessoas saíndo da sala, e a gente e uns gatos pingados rindo bagarai do filme...
    Consegui descolar o A Grande Caçada aos Tubarões por 10 pratas em uma livraria no Catete, ainda não comecei a ler...
    Coincidência você postar :)Não conhecia esse.
    E Rum?
    Abrax

    ResponderExcluir
  2. Grande Johny!!!"A grande caçada aos tubarões" está na minha lista"! O curioso é que Thompson começou a mergulhar nas drogas (principalmente LSD)no período em que ele andou com os Hells Angels; e isso acabaria influenciando não só sua forma de ser como também os temas que desenvolveria depois!!Altamont me remete muito aos Angels....e a "segurança" nada real oferecida por eles...Tenho problemas com o filme "Medo e delírio em Las Vegas" mas acho que é culpa minha!!!!Quero rever e desfazer essa impressão!!!valeu pelos sempres elucidativos comentários!!abrax!!!

    ResponderExcluir