domingo, 16 de agosto de 2009

"A grande novela americana"














Jack Kerouac foi fundamental na minha formação; aos 14 anos, quando li "On the road" pela primeira vez, o mundo ganhou uma "nova e alarmante dimensão" - termo emprestado de um romance de John Fante. Eis a minha surpresa ao deparar com a primeira obra de Kerouac em uma livraria do Centro do Rio: "The town and the city" foi lançado ano passado pela L & PM, com tradução de Edmundo Barreiros. Influenciado por Tom Wolf, o jovem Kerouac queria escrever a "grande novela americana", que abarcasse todos os sentimentos de uma nação tão complexa quanto simplória à primeira vista: do prosaico cotidiano das pequenas cidades do Norte ao cosmopolitismo delirante de Nova Iorque. A estória gira em torno dos Martin e seus oito filhos; dentre eles destaco três : Francis - o intelectual que rejeita o provincianismo de seu entorno, Peter - o "astro" do futebol da pequena Galloway que graças ao seu talento ganha uma bolsa para estudar na "big apple" e Joe - o herói aventureiro em busca das liberdades de uma América recém mergulhada em seus mitos cinematográficos. Foi a única tentativa do autor em escrever um romance "tradicional". Pontuado em ações narradas de forma clássica, o estilo de Kerouac se encontra muito distante do que se leria em "On the road", publicado 7 anos depois. Longe de se tornar a "grande novela americana" que pretendia escrever, "The town and the city" não deixa de ser obrigatório aos interessados no universo do maior escritor da geração Beat.


Trecho escolhido :


" E o que diz a chuva à noite em uma cidade pequena, o que a chuva tem a dizer? Quem caminha sob os galhos melancólicos e gotejantes escutando a chuva? Quem está ali nos respingos indistintos de milhões de agulhas de chuva, escutando a música grave da chuva à noite, chuva de setembro, tão escura e suave? Quem está ali escutando o ruído rouco e constante da chuva por toda a volta, pensando e escutando e esperando, no escuro lavado pela chuva e que cintila com a chuva da noite?"


Nenhum comentário:

Postar um comentário